A Incrível Tecnologia dos Antigos

A Incrível Tecnologia dos Antigos

Disponível: Sem estoque

Autor: David Hatcher Childress
A Incrível Tecnologia dós Antigos revela fascinantes indícios de que civilizações há muito desaparecidas atingiram -ou até excederam - nosso moderno estágio de desenvolvimento.
saiba mais
Descrição

Detalhes

Os ocidentais aprenderam que a humanidade progrediu ao longo de um caminho linear desde o passado primitivo até o presente, mas claras e gritantes evidências (literalmente escritas na pedra!) provam que os antigos dispunham de tecnologias que sequer podemos reproduzir hoje.

David Hatcher Childress, autor da famosa coleção Cidades Perdidas, leva-nos ao fascinante mundo da tecnologia antiga, explorando as fantásticas estruturas construídas pelos mestres artífices de megálitos e analisando diversos tipos de artefatos 'impossíveis'.

O livro discute o uso de lentes de cristal e do 'fogo dos deuses' em cerimónias religiosas e em batalhas; resgata contos que narram a ocorrência de voos na Antiguidade e apresenta documentos arcaicos que descrevem a tecnologia.
Teria sido a Grande Pirâmide do Egito uma gigantesca estação de energia? Teria sido a Arca da Aliança um aparelho elétrico? Teria a humanidade se aproximado da destruição atómica no passado? O autor revela as espantosas evidências de que os próprios antigos teriam destruído sua extraordinária cultura!

As histórias estão todas aqui, seduzindo os leitores e desafiando-os a rever seus próprios referenciais perante a obscura e incrível tecnologia dos antigos.
Comentários
Sumário
Prefácio    13
1.  O Enigma da Tecnologia Antiga    17
2.  Os Mestres Construtores dos Megálitos   43
3.  Metalurgia e Máquinas Antigas    83
4.  Eletricidade e Fogo Sagrado na Antiguidade 123
5.  Voo e Combate Aéreo na Antiguidade 153
6.  Guerras Atómicas na Antiguidade 215
7.  A Terra como Gigantesca Usina de Força 261
8.  A Natureza Cíclica da História 333
Notas. 343
Bibliografia 353
Informações Adicionais
Livro NOVO. 

Formato 23 x 16 cm

Editora Aleph, 1ª Edição, 2005

358 Páginas