Alquimia: A Arte Negra

Alquimia: A Arte Negra

Disponível: Sem estoque

Autor: David Cherubin
A Alquimia é uma ciência tão antiga quanto antiga é a aspiração do homem por algo superior à sua limitante condição. Ela é apenas mais um método de consecução do Absoluto a partir do humano.
saiba mais
Descrição

Detalhes

A Alquimia é uma ciência tão antiga Quanto antiga é a aspiração do homem por algo superior à sua liáútante condição. Ela é apenas mais um método de consecução do Absoluto a partir dor humano. Em todas as tradições de nosso planeja — e não apenas na tradição egípcia, como é mais comumente citado — encontramos sinais de que a Alquimia é uma Ciência Hermética Universal, e pela sua universalidade podemos inferir a sua grandiosidade.

Na verdade, Alquimia é a Ciência e a Arte da transmutação de uma energia inferior em uma energia superior e transformadora, capaz de elevar o homem ao seu estado original de divindade. É a conquista do Ouro Divino que libera e traz o conhecimento da verdade, cuja excelência faz-nos trazer a público este obra inédita e também a primeira da Série Thelema, que é a Corrente Mágica iniciada pelo mago inglês Aleister Crowley no início deste século, que continua viva e revivida por milhares de pessoas em todo o mundo.

É com grande orgulho que participamos ativamente da disseminação desse conhecimento e o nosso intuito maior é despertar e transformar consciências para a Nova Era.

Comentários
Sumário
APRESENTAÇÃO ...................................................................... 9
 
INTRODUÇÃO ........................................................................... 17
 
A TÁBUA DE ESMERALDA ........................................................ 22
 
CAPÍTULO I: TEORIA DA ALQUIMIA...........................................23
 
CAPÍTULO II: PRÁTICA DA ALQUIMIA........................................45
 
A CERIMÔNIA DO SOL E DA LUA ..............................................57
I — A Preparação do Templo.........................................58
II — A Preparação da Cerimónia...................................59
III — A Proclamação e o Juramento..............................61
IV — A Invocação dos Elementos.................................63
V — A Invocação do Sol e da Lua.................................65
VI — A Conjunção do Sol e da Lua..............................66
VII — O Comando dos Elos Mágicos............................67
VIII — A Proclamação dos Anéis do Poder..................68
IX — A Proclamação da União do Sol e da Lua...........69
X — A Celebração do Sol e da Lua...............................70
XI — A Grande Obra Cumprida....................................71
 
CAPÍTULO III: DE MAGNUM OPUS SOLIS...................................73
LIBER ALKEMl - O LlVRO DA ALQUIMIA....................................76
APÊNDICE — PRETIOSISSIMUM DONUM DEI..............................95
 
CAPÍTULO PRIMEIRO: O CAPÍTULO DO LEÃO VERDE E DE QUE COR ELE É...............................................................................99
 
CAPÍTULO SEGUNDO: COMO OS CORPOS SÃO DISSOLVIDOS NA PRATA VIVA DOS FILÓSOFOS QUE ESTÁ NA ÁGUA.................................102
 
CAPÍTULO TERCEIRO: COMO os CORPOS SÃO DISSOLVIDOS EM ÁGUA E É PRODUZIDO UM NOVO CORPO................................................ 104
 
CAPÍTULO QUARTO: AQUI É CRIADA A PUTREFAÇÃO DOS FILÓSOFOS QUE NUNCA FOI VISTA E É CHAMADA ENXOFRE ......................... 106
 
CAPÍTULO QUINTO: A MAIOR PARTE DESTA ÁGUA TORNA-SE TERRA NEGRA E FECULENTA............................................................... 108
 
CAPÍTULO SEXTO: COMO ESTA TERRA NEGRA PERMANECERÁ SOBRE A ÁGUA NO INÍCIO, E POUCO A POUCO É SUBMERGIDA PARA AS PROFUNDEZAS....................... 110
 
CAPÍTULO SÉTIMO: COMO ESTA TERRA É DISSOLVIDA EM ÁGUA E DEPOIS NA COR DO ÓLEO, E É CHAMADA DE ÓLEO DOS FILÓSOFOS ......... 112
 
CAPÍTULO OITAVO: COMO O DRAGÃO NASCE NO NEGRUME E É ALIMENTADO COM SEU MERCÚRIO E MATA A SI MESMO E É SUBMERGIDO [NO MERCÚRIO],
E A ÁGUA DE ALGUM MODO TORNA-SE BRANCA .............................................................................................................................................................114
 
CAPÍTULO NONO: AQUI A ÁGUA É DEPURADA COMPLETAMENTE DO NEGRUME, E FICA DA COR DO LEITE E MUITAS CORES APARECERÃO NO NEGRUME ........................... 116
 
CAPÍTULO DÉCIMO: COMO AS NUVENS NEGRAS, QUE ESTAVAM ACIMA DA ÁGUA NA VASILHA, DISSOLVEM-SE NO CORPO DO QUAL ELAS PROVIERAM.................................... 118
 
CAPÍTULO UNDÉCIMO: ESTAS CINZAS TORNAM-SE BRANCAS COMO MÁRMORE LUSTROSO E SÃO O ELIXIR O BRANCO E TORNAM-SE NOVAMENTE CINZAS .............................. 120
 
CAPÍTULO DUODÉCIMO: COMO ESTA BRANCURA É CONVERTIDA EM VERMELHIDÃO TRANSPARENTE COMO O RUBI, E ESTE É O ELIXIR VERMELHO........................................122
 
TlRUMANTIRAM ..................................................................... 124
 
PRECES DE ECKARTSHAUSEN PARA OS ALQUIMISTAS.................131
 
AURIFONTINA CHYMICA ......................................................... 133
 
KÂMAPÂNACASTIRAM.............................................................135
 
AESCH MEZARETH OU O FOGO PURIFICADOR..........................138
 
CAPÍTULO I...........................................................................139
 
CAPÍTULO II..........................................................................143
 
T. G. D. — A ORDEM DA THELEMICA AURORA DOURADA ..........147 
Informações Adicionais
Livro NOVO.

Formato 21 x 14 cm

Editora Madras, 1998

151 páginas