Coletânea Hermética

Coletânea Hermética

Disponível: Sem estoque

Autor: William Wynn Westcott
Uma introdução ao universo da Magia, da Cabala, da Alquimia e do Ocultismo.
saiba mais
Descrição

Detalhes

Hermetismo é a porta de entrada para o Ocultismo Ocidental. Ele teve, em sua origem, elementos da Magia Egípcia, dos Mistérios Gregos, do Gnosticismo, do Mitraísmo, do Zoroastrismo, dentre outros. Ele influenciou, ou deu origem, à Cabala e à Alquimia, sem falar, é claro, na Magia.
 
Na verdade, o Hermetismo nasce da confluência entre a cultura grega e a egípcia, somando-se ainda inúmeras outras. Através das conquistas de Alexandre, o Grande, e, posteriormente, do Império Romano, as cidades mediterrâneas do norte da África eram grandes pólos culturais. Influências zoroastrianas, cabalísticas, mesopotâmicas dentre várias outras se faziam presentes, além das egípcias e gregas, é claro, dando um grande impulso à Magia, à Alquimia e à Astrologia. Não podemos esquecer que a famosa biblioteca de Alexandria lá se localizava.
Neoplatonismo, gnosticismo são, por sua vez, elementos importantes no Hermetismo.
 
O gnostocismo, a grosso modo, seria a busca do conhecimento. Este conhecimento herméticose manteve com o fim do Império Romano do Oriente, com sede em Constantinopla. Com a queda de Constantinopla (atual Instambul), muitos sábios fugiram para as repúblicas italianas, especialmente Florença. Essas repúblicas eram grandes centros comerciais, que promoviam amplo intercâmbio de culturas.
 
Foi amplamente estudado e praticado na Renascença. É uma tradição que teve uma origem tão importante que, nos dias de hoje, por exemplo, está presente no enredo do filme Matrix.
 
A Coletânea Hermética foi selecionada por William Wynn Westcott, co-fundador da Ordem Hermética do Amanhecer Dourado (Hermetic Order of Golden Dawn). O autor apresenta assuntos como:
Versos Dourados de Pitágoras;
Os Oráculos Caldeus de Zoroastro;
Os 17 Livros de Hermes Trismegisto;
O Pymander de Hermes;
Cabala Denudata de Knorr von Rosenroth;
Aesch Mezareph ou Fogo Purificador;
Somnium Scipionis (Sonho de Cipião);
Um Sermão Universal para Asclépio;
Da Mente a Hermes;
Da Mente Comum a Tat;
Seu Cálice ou Taça;
De Sentido e Entendimento;
De Operação e Sentido;
Da Verdade a seu Filho Tat.
 
O leitor estudioso de Magia, Cabala e Alquimia terá na Coletânea Hermética um importante compêndio para estudo. 
Comentários
Sumário
Introdução da Edição Brasileira   9

Volume I — Arcano Hermético
Prefácio à Coletânea Hermética   14
Prefácio ao 'Arcanum'   16
O Arcano Hermético — Cânon 119
A Prática do Enxofre   44
As Eras da Pedra   50

Volume II — O Pymander de Hermes
Prefácio   52
Ao Leitor   56
'Hermes Trismegisto' - — O Primeiro Livro   59
'Poemander' - — O Segundo Livro   63
'O Sermão Sagrado' - — O Terceiro Livro   70
'A Chave' — O Quarto Livro   72
'Deus não é Manifesto e Todavia, é todo Manifesto' — O Quinto Livro   79
'Apenas em Deus há o Bem' - — O Sexto Livro   83
O Sermão Secreto na Montanha da Regeneração e a Profissão
do Silêncio' — O Sétimo Livro   86
   Para seu filho Tat   86
   A Canção Secreta — O Discurso Sagrado   90
'O Maior Mal do Homem é não Conhecer Deus' - - O Oitavo Livro     93
'Um Sermão Universal para Asclépio'- —O Nono Livro   95
'Da Mente a Hermes' - — O Décimo Livro   100
'Da Mente Comum a Tat' - — O Décimo Primeiro Livro   107
'Seu Cálice ou Taça'- — O Décimo Segundo Livro   114
'De Sentido e Entendimento' - - O Décimo Terceiro Livro   118
'De Operação e Sentido' - — O Décimo Quarto Livro   122
'Da Verdade a seu Filho Tat' — O Décimo Quinto Livro   126
'Nada do que é pode Perecer' - — O Décimo Sexto Livro   130
'A Asclépio, para Ser Verdadeiramente Sábio' - — O Décimo Sétimo Livro   132

Volume III — Uma Breve Inquirição sobre a Arte Hermética
Nota do Editor da Série   136
Resumo   137
Apresentação   138
Uma Introdução à Alquimia   141
Uma Breve Inquirição sobre a Arte Hermética   145

Volume IV — /Esch Mezareph ou Fogo Purificador 
Prefacio   172
jEsch Mezareph ou Fogo Purificador   176
Capítulo I — Eliseu, Naamã Os dois sistemas de distribuiro
Sefirote aos princípios e metais alquímicos   176
Capítulo II — Ouro, suas dez variedades e a Kamea de 6   180
Capítulo III — Prata, com referência aos dez Sefirotes; sua Kamea de 920   186
Capítulo IV — Estanho é relacionado a Júpiter; sua Kamea de 4   192
Capítulo V — Bronze; seu Decaedro; sua Kamea de 7   194
Capítulo VI — Chumbo, Chokmah; seu Decaedro; sua Kamea de 3   197
Capítulo VII — Jarden; o rio Jordão; seu simbolismo   202
Capítulo VIII — Juneh, o Pombo   206
Suplemento   208

Volume V — Somnium Scipion
Somnium Scipion — A Visão de Scipio   212
A Visão de Scipio   213
A Visão de Scipio Considerada um Fragmento dos Mistérios   221
Os Versos Dourados e os Símbolos de Pitágoras   231
   Os Versos Dourados de Pitágoras   232
   Notas por AEA   234
   Os Símbolos de Pitágoras  237

Volume VI — Os Oráculos Caldeus de Zoroastro
Os Oráculos Caldeus Atribuídos a Zoroastro   262
Introdução   265
   Esquema Caldeu   266
   Esquema Cabalístico  267
   Esquema Caldeu dos Seres   268
Os Oráculos de Zoroastro   :276
   Causa Deus   276
   Ideias   280
   Inteligíveis, Intelectuais, Lyngues, Sinoques, Teletarchae, Fontes, Princípios, Hecate e Daemons   280
Almas Específicas   284
   Alma, Vida, Homem  284
Matéria   287
   O Mundo e a Natureza   287
Preceitos Mágicos e Filosóficos   291
Oráculos de Porfírio  296

Volume VII — Eufrates ou as Águas do Leste
Prefácio do Editor   300
Ao Leitor   301
Sobre o Conselho ao Leitor   303
Eufrates,etc   306
Parágrafo 1   306
Comentário sobre o primeiro parágrafo   310
Parágrafo II   314
Comentário sobre o segundo parágrafo   314
Parágrafo III   314
Parágrafo IV   315
Parágrafo V   315
Comentário sobre o quinto parágrafo   316
Parágrafo VI   317
Comentário sobre o sexto parágrafo   318
Parágrafo VII   318
Comentário sobre o sétimo parágrafo   319
Parágrafo VIII   320
Parágrafo IX   320
Comentário sobre o nono parágrafo   323
Parágrafo X   324
Comentário sobre o décimo parágrafo   324
Parágrafo XI   324
Comentário sobre o décimo primeiro parágrafo   325
Parágrafo XII   326
Comentário sobre o décimo sétimo parágrafo   327
Parágrafo XIII  327
Comentário sobre o décimo terceiro parágrafo   328
Parágrafo XIV   328
Comentário sobre o décimo quarto parágrafo   329
Parágrafo XV   330
Parágrafo XVI   331
Parágrafo XVII   331
Comentário sobre o décimo sétimo parágrafo   332
Parágrafo XVIII   332
Comentário sobre o décimo oitavo parágrafo   334
Parágrafo XIX   334
Parágrafo XX   335
Comentário sobre o vigésimo parágrafo   335
Parágrafo XXI   336
Comentário sobre o vigésimo primeiro parágrafo   337
Parágrafo XXII   337
Comentário sobre o vigésimo segundo parágrafo   339
Parágrafo XXIII   339
Parágrafo XXIV   340
Parágrafo XXV   340
Comentário sobre o vigésimo quinto parágrafo   342
Parágrafo XXVI   342
Comentário sobre o vigésimo sexto parágrafo   343
Parágrafo XXVII   344
Comentário sobre o vigésimo sétimo parágrafo   346
Pequeno Apêndice de Aconselhamento ao Leitor   347
Comentários sobre o Apêndice   348
Informações Adicionais
Livro NOVO.

Formato 23,1 x 16 cm

Editora Madras, 2003
 
352 páginas