O Livro do Passado Misterioso

O Livro do Passado Misterioso

Disponível: Sem estoque

Autor: Robert Charroux

Livro Usado

O LIVRO DO PASSADO MISTERIOSO denuncia-nos a existência de todo um conjunto de fenómenos que ninguém consegue explicar à luz de um raciocínio normal.
saiba mais
Descrição

Detalhes

O LIVRO DO PASSADO MISTERIOSO denuncia-nos a existência de todo um conjunto de fenómenos que ninguém consegue explicar à luz de um raciocínio normal. Na verdade, quando, por acaso, o MISTERIOSO DESCONHECIDO se manifesta no nosso universo visível, os homens sentem-se impotentes para o explicar e preferem ignorá-lo ou, então, considerá-lo como uma fraude. Constituirá o estudo deste tão misterioso passado uma ciência do futuro?

Conseguirá ela deslindar todas aquelas dúvidas que inundarn o nosso espírito? Pobert Charroux esclárecé-nos. nesta obra, grande parte destas angustiantes questões.
Comentários
Sumário
PREFÁCIO  9
O homem que faz milagres. Uma frase misteriosa pronunciada na Lua. Uma emissão de origem desconhecida. Eis a frase proibida.

CAPÍTULO I 
PRIMISTÓRIA
O INSÓLITO  TERRESTRE 15
Escadarias misteriosas. Caminhos para o desconhecido. A porta com uma cruz. Chave para abrir as portas proibidas. A Rocha dos Pés. Sinais de pertença.

CAPÍTULO II
ILHAS E PAÍSES DE UM OUTRO MUNDO 27
A miragem de São Brandão. O mistério da ilha Antilia. Deixou de ser vista. Antília-Atlanta. Crianças de cor verde. Um país debaixo da montanha. Seres verdes extraterrestres.

CAPÍTULO III 
OS ANTEPASSADOS SUPERIORES 37
Uma ilha para os Iniciadores. Homens unicamente na Terra. Tentativa de aclimatação. Uma central iniciática cósmica. Iniciados sem frio. Os grandes antepassados brancos.

CAPÍTULO IV
1. CIVILIZAÇÕES PERDIDAS 46
Os arqueólogos «selvagens». O pilar de Ashoka. Feito de ferro impuro. O Vale das Maravilhas. Os homens do Bego. A lenda do Vale de Ia Masque. Os cavalos brancos dos downs. Cidades esquecidas na selva.
2. REINOS IMAGINÁRIOS 62
A cidade subterrânea dos Lemures. Homens de duas linguasl Manoa. Americanas. La Ciudad de los Césares. O El Dorado original. Sonhos, delírios e morte. Paititi. A fonte de juventude.

CAPÍTULO V
CIVILIZAÇÕES MISTERIOSAS: NA ESCÓCIA, EM FRANÇA, NA SARDENHA, EM MALTA  74
A vingança do deus Azuria. O Craig Phoedrick. Os fortes vitrifica-dos da Creuse. As pedras queimadas. A hipótese do druida E. Coarer-Kalondan. Os brochs. Dun Aengus. A Vénus de Quinipily. A Feiticeira da Guarda. A Mater gaulesa contra a Virgem Santa. Uma groach indecente. A civilização dos murajes. Um templo em forma de mão. O Hipogeu de Hal--Saflieni. Uma central de estereofonia com seis mil anos. ((As Enormes». A máquina de ressuscitar os mortos. A Mater de cabeça substituível. A Nazca de Malta.

CAPÍTULO VI
O MISTERIOSO DESCONHECIDO A MAGIA E CRISTÓVÃO COLOMBO 104
O paraíso terrestre. A carta de Toscanelli. A miragem das ilhas Afortunadas. A Vinlândia e o México antes de Colombo. Martin Alonzo e Vincente Pinzon. Os precursores de Colombo. Cabot chega a terra antes de Colombo. O verdadeiro objectivo: reconstruir o Templo de Jerusalém. Fim do mundo em 1656. Colombo grão-mestre do Templo. Uma missão templária. Colombo cabalista. Um talismã de Senhor do mundo. Um pacto com Satanás.

CAPÍTULO VII
O  FORMULÁRIO DO  GRANDE  ALBERTO 124
Quando se tem a Baraka. Factos estranhos. O sinal do Além. Os segredos do Grande Alberto. Para se corresponder magicamente a grande distância. Para transformar o chumbo em ouro fino. O conde de Saint-Germain. Não há milagres na televisão. O homem vermelho das Tulherias.

CAPÍTULO VIII
OS RETRATOS MÁGICOS DE BELMEZ DE LA MORALEDA 138
A casa encantada. Ura túmulo debaixo da lareira. As sombras falam. A casa é assombrada. Aparece um outro rosto. Raios ultravioletas. Supranormal. Correntes telúricas e materialização. Uma criação do mundo.

CAPÍTULO IX
AGPAOA, O ATRAVESSA-PAREDES 151
As suas mãos entram na carne como se fora água. Um único passo: as feridas abrem-se e fecham-se. Três operações sem luvas. As emanações Kirlian. A cirurgia espiritual (psychic surgery). Uma herança dos extraterrestres? Levanta-se uma ponta do véu. Ilusionismo e magia. Os racionalistas contestam. Não passa de um simulacro  A múmia da cripta hermética.

CAPÍTULO X
O MISTERIOSO DESCONHECIDO DO FOGO  169
Incêndios estranhos. Fogos misteriosos. Juízos de Deus ou do Diabo? O diácono Paris. Os milagres da histeria. Mulheres nuas crucificadas. Deus proibido de fazer milagres. Marie Sonnet dorme sobre o fogo. Na confluência do físico e do psiquismo. O ignorante troça das leis físicas.

CAPÍTULO XI
OS  LIVROS  SIBILINOS  E JOANA  D'ARC 182
Os Livros Sibilinos e o fim de Roma. Fim do mundo, destruição de Nova Iorque e de São Francisco. Pedras oraculares. Fim de Marselha! O sinal do fim do mundo. A telepatia de Black. As ondas do pensamento. O terceiro olho de Joana. A espada mágica. Misteriosa Joana d'Arc. Filha de rainha? Quem ardeu na fogueira? Tratava-se de um caso de magia.

CAPÍTULO XII FANTÁSTICO
A MATER, LILITH E O HOMEM SUPERIOR 199
A Mater hermafrodita. A Mater e a partenogénese. O canal de Muller. A mulher vive mais tempo. Lilith. A avó demónia! O homem seria mais inteligente.

CAPÍTULO XIII
A ESCRITA CROMOSSÓMICA E O PECADO  207
A psicoesfera. As correntes telúricas. O grande medo ancestral. Os asilos de paz. A serpente e o espermatozóide. A escrita biológica. Invenção de nome. A alcunha ou nome cromossó-mico. Protesto contra a mulher! A estranha seita dos cainitas Dois pesos, duas medidas. Louvor ao racismo. Toda a natureza é racista O pecado mortal.

CAPÍTULO XIV
A CRIAÇÃO  DO  MUNDO 226
Em tudo há vida. A tese do Mestre Desconhecido. Proteu, o viajante do tempo. O mais, o menos e o tempo zero. Imaginemos o universo. O paradoxo de Zenão. O homem do neutrão. Um morto e um vivo. O Pai, o Filho e o Espírito Santo. Ilusão do tempo: universo instantâneo. O Rig Veda dissera-o  Deus foi inventado pela intelligentsia. Manou sabia-o  A cosmogénese dos Iniciados.

CAPÍTULO XV
A VIDA  E  A  INTELIGÊNCIA  242
Vida primitiva no cosmo. Deus é o continuum espaço-tempo. Atoum, o deus-átomo. Os deuses atómicos. O tempo prisioneiro. Como nasce a inteligência. Os cromossomas-memórias da Natureza. O círculo mágico sem espaço-tempo.

CAPÍTULO XVI
A NATUREZA PENSA  252
1. A  INTELIGÊNCIA DAS  PLANTAS 252
A inteligência e a alma. Inteligência das flores. A genial orquídea. Uma planta que calcula.
2. A INTELIGÊNCIA DOS ANIMAIS  257
O radar do icnêumon. Instinto e inteligência.
3. A VIDA  NA MATÉRIA 261
Os nossos antepassados de pedra. Os pontos de amor. Os pontos de agressividade. A Terra vinga-se.

CAPÍTULO XVII
OS MUSEUS PRÉ-HISTÓRICOS DO PETRIMUNDO 267
A gravidez nervosa da Natureza. O museu fantástico de Fon-tainebleau. Montpellier-le-Vieux, a cidade do Diabo. Paiolive. A Aldeia dos ídolos. O planalto de Marcahuasi. Máquinas do futuro nos rochedos. O petrimundo e os museus pré-his-tóricos.

CAPÍTULO XVIII
A MAQUINA DE fILMAR O PASSADO 289
Engenhos do futuro. O elixir da juventude. Cápsula de dois andares no século xvi. O passado nunca morre. Uma fotografia das Tábuas da Lei. Eis o retrato de Cristo. A chave do enigma 

CAPÍTULO XIX 
ENSAIO DE MITOLOGIA FRANCESA
QUANDO OS DEUSES ERAM HOMENS  304
O caso dos países cristianíssimos. O tempo do sonho. O génio, o Iniciador e a «estrela». Evémero, o ateu. As ilhas flutuantes. Hesíodo desvenda a lenda. Os carvalhos de Dodona. Os falsos deuses. A lenda de Montmarte. Predestinação dos lugares. O falcão divino e o owraios. As mitologias e as convergências. Osíris, deus recente. Jesus era um deus egípcio. A crucificação de Osíris. Os mitos e Jesus. O imperador Juliano.

CAPÍTULO XX
QUANDO  OS HOMENS SONHAM  COM VÉNUS  326
Regresso à fonte de Sée. Uma história de extraterreslres. A nuvem do Senhor Voador. A verdade com cheiro a enxofre. As muito brilhantes e Vénus. Belo como um deus. Fadas da agua e serpentes. O mito da serpente voadora. A mitologia céltico--gaulesa. Lusignan, capital da Céltica.

CAPÍTULO XXI 
MELUSINA
MELUSINA,  A  SERPENTE ALADA  344
Preliminar. Louvar a Deus sobre todas as coisas. A grande caçada do conde Aimery. Escrito nos astros. Realiza-se o presságio. As três jovens da fonte. Todas as noites de sábado para domingo. O segredo de Melusina. Encantamentos na floresta. O casamento de Melusina. A fada construtora. A dorne de Melusina. Os três sinais do destino. O segredo da torre. O licórnio maravilhoso. O voo da serpente. Comentários.

CAPÍTULO XXII A FEITIÇARIA
DEMÓNIOS  E MARAVILHAS
As 'chaves de Salomão'. O Enchyridion. Para ser invencível  e a jarreteira para a marcha! Quando o fogo queima a vossa casa. Denise de Ia Caille, a possessa. Berra e voa. Satanás ameaçado de excomunhão. Belzebu, Satanás, Lisis, Matelu e Briffault assinam a capitulação! A maldição que matou Papus. A morte de Fabre d'Olivet. Sacrilégio em Raivavaé. Moana, a estátua maléfica. Bossuet, o feiticeiro negro. Uma fogueira para o ano 2000.

CAPÍTULO XXIII 
OS MISTÉRIOS DO CÉU
AVENTURAS NO CÉU
O Vale das Maravilhas no México. Mensagens gravadas por extraterrestres. Gigantes e cosmonautas. Os deuses voadores da Austrália. Luas, sóis e rodas no céu. As «bolas» extraterrestres de Manila. Uma ilha fantasma no radar. Acontecimentos estranhos no Mediterrâneo. Os radares não se enganam, mas  O motor sem carburante de Van den Berg.

CAPÍTULO XXIV
AS SOCIEDADES SECRETAS EXTRATERRESTRES
A Aetherius Society. A lenda do Inferno. Eugênio Siragusa. Extraterrestres sobre a Lua Negra. Um fenómeno messiânico. As armas maravilhosas dos Celtas. O laser dos Tuatha Danann. Os discos voadores: ilusão ou realidade? O céu é uma bola de cristal. Mensagem dos Terrenos para os extraterrestres.

Origem  das  ilustrações 

Informações Adicionais
Livro USADO. Texto, gravuras e fotografias íntegros. 

Formato 20 x 14,5 cm

Livraria Bertrand, 3ª Edição, 1977

435 páginas