Casas que Matam

Casas que Matam

Disponível: Sem estoque

Autor: Roger de Lafforest

Livro Usado

Uma leitura atenta desta obra ensina que algumas precauções devem ser tomadas, caso habitemos um domicílio maléfico, ou antes de nos decidir sobre a localização e o início da construção de uma casa.
saiba mais
Descrição

Detalhes

Paradoxalmente, o homem é o ser mais indefeso da Criação: não tem carapaça, nem couro, nem sequer pêlos que recubram sua pele. Em sua nudez vé-se obrigado a buscar proíeção, procurando construir seu próprio refúgio: a casa. E, sem dúvida, há casas maléficas, residências que atraem a desgraça, apartamentos perniciosos - leia-se mortais — para os seres humanos que neles residem.

Quais são as causas do temível malefício que emana de certas pedras, de certas paredes? Radiações telúricas, raios cósmicos, influências específicas dos materiais, agressão das 'ondas de forma', remanência de antigas maldições, memória das paredes.. . Todas essas causas e fontes de nocividade — que podem fazer da casa uma verdadeira armadilha mortal - são minuciosamente estudadas, analisadas a fundo por Roger de Lafforest neste livro, em que os fatos curiosos da vida vêm a todo momento ilustrar e confirmar as sábias explicações sobre as misteriosas interferências da física microvibratória em nossa vida íntima.

Uma leitura atenta desta obra ensina que algumas precauções devem ser tomadas, caso habitemos um domicílio maléfico, ou antes de nos decidir sobre a localização e o início da construção de uma casa, e que tipo de agressão e remédios estão ao alcance do homem para neutralizar qualquer nocividade. O livro nos permite, enfim, enfrentar as inquietantes forcas que se inclinam sobre nossa felicidade.
Comentários
Sumário
1.  Os perigos do céu aberto 7
2.  As sete pragas 21
3.  As casas de câncer  29
4.  Os 'santuários'  59
5.  A memória das paredes 93
6.  Precauções e reme'dios 115
7.  O fantasma é inocente 153
Informações Adicionais
Livro Usado. Textos e gravuras em perfeito estado.

Formato 21 x 14 cm

Editora Global/Ground, 1ª Edição, 1986

166 páginas