Parábolas para Nosso Tempo - As Orações de Jesus

Parábolas para Nosso Tempo - As Orações de Jesus

Disponível: Sem estoque

Autor: Vamberto Morais

Livro Usado

Todo o ensinamento de Jesus, quando se dirigia às multidões, foi feito em parábolas. Nesta obra, o autor selecionou as parábolas mais importantes de Cristo, analisando seu significado simbólico.
saiba mais
Descrição

Detalhes

Qualquer pessoa de alguma sensibilidade que leia a Bíblia percebe que a linguagem e estilo são de uma grande riqueza em metáforas e histórias. E deste ponto de vista não há diferenças muito grandes entre os livros mais prosaicos (como Reis, Crónicas e partes do Movo Testamento) e os que são mais poéticos como os Salmos, Jó ou o Cântico dos Cânticos. Note-se que esta inguagem figurada (parábola) foi imitada literalmente pelos autores dos Evangelhos. E, de acordo com o apóstolo Mateus, 'em todo o seu ensinamento às multidões Jesus falou em parábolas. Na verdade ele nunca lhes pregava a não ser em parábolas.' Mas que é, afinal, a parábola e como surgiu esta expressão? Os dicionários definem parábola como 'alegoria em que se oculta alguma verdade, um ensinamento' (Larousse); 'dito ou narração em que algo se expressa em termos de outra coisa, alegoria, apólogo' (Oxford). A palavra grega parabole (comparação, ilustração) se liga ao verbo Paraballo, lançar ao lado, colocar uma coisa junto a outra. Platão e Aristóteles a usam como comparação ou analogia. A verdadeira história da palavra começa com a tradução para o grego da Bíblia hebraica, mais de 200 anos antes de Cristo, em Alexandria, então centro de importante comunidade israelita. Quando os evangelhos foram escritos em grego, já existia portanto a palavra parábola, termo bem aceito e usado por Jesus e seus discípulos. A palavra também entrou para o latim, pois os romanos, embora conquistadores, tinha sido conquistados culturalmente. Agora, quando escrituras de outras religiões têm sido traduzidas para os principais idiomas do Ocidente, estamos percebendo que a linguagem simbólica e poética é na verdade um idioma universal. Há parábolas em todas as tradições da vida espiritual, e as de Jesus têm muitos paralelos. As parábolas de Jesus diferem bastante entre si. Umas são mais metáforas ou comparações, enquanto outras contam uma história definida, curta ou mais longa. O autor reuniu nesta obra as principais parábolas de Jesus, como a do Samaritano e a do Filho Pródigo. Além disso, Parábolas Para /Vosso Tempo, descreve as parábolas e metáforas da Bíblia, as parábolas de Ramakrishna e dos filósofos gregos.
Comentários
Sumário
I    - Fazer uma Comparação, Contar uma História   9
II    - Parábola e Metáfora na Bíblia    17
III   - Parábolas de Crescimento e Vigilância   28
IV   - As Grandes Parábolas: O Samaritano e o Pródigo   39
V    - Parábolas Sobre a Riqueza   59
VI   - As Parábolas de Ramakrishna   82
VII  - Ansiedade e Paz Interior   92
VIII - As Orações de Jesus    103
IX    - Cristo: A Fantasia e a Realidade Profética    124
X     - A Vida Toda é uma Parábola    137
XI   - Sumário das Parábolas de Jesus    146
XII  - Parábolas de Filósofos Gregos    156
Bibliografia   163 índice Alfabético   165
Informações Adicionais
Livro Usado. Texto, gravuras e fotografias íntegros

Formato 21 x 14 cm

Editora Edições Ibrasa, 1ª Edição, 1997

167 páginas