A Doutrina Secreta - Vol. 3

A Doutrina Secreta - Vol. 3

Disponível: Em estoque

Autor: H.P. Blavatsky
R$47,00
Icone Calcular Frete Loading
PrazoValor
Volume III - Antropogênese
saiba mais
Descrição

Detalhes

Na Antropogênese, a doutrina apresenta uma teoria particularmente interessante sobre a evolução do homem, questionando a hipótese evolucionista de Darwin de forma radical. Os teósofos não acreditam que o homem descende de primatas, ao contrário, defendem que todos os mamíferos, inclusive os macacos, são descendentes degenerados da espécie humana, resultado de cruzamentos genéticos bestiais. A humanidade existiria desde a origem da Terra, e não apenas há um milhão de anos. A arqueologia e história ortodoxas (vigentes, oficiais), consideram VIDA somente às realidades que têm, hoje, disponíveis à percepção dos sentidos e dos equipamentos de laboratório.

A Teosofia argumenta que a vida habita o planeta desde sempre, adaptada à configuração bio-físico-química de cada período cósmico. No passado mais remoto, quando atmosfera e ambiente do planeta não teriam permitido a existência de vida tal como é conhecida nos dias de hoje, naquele ambiente de vapores e tempestades, outras formas físicas e psíquicas teriam habitado a Terra abrigando espíritos humanos e 'almas' de animais, (répteis, aves, micróbios etc.), plantas e minerais (sim, porque para o ocultista, tudo possui vida, incluindo as pedras). Obedecendo ao princípio setenário – segundo o qual tudo evolui e se constitui sobre uma base numérica de sete – a história da vida no atual 'Planeta Azul' desenrola-se seguindo 7 Rondas (ou fases) às quais correspondem sete Raças Humanas ou sete humanidades-raiz, em tudo diferentes, umas das outras. O homo sapiens, que a biologia contemporânea conhece, seria tão somente o representante da 5ª Raça, em sintonia com a presente Ronda (5ª Ronda) ou 5ª 'encarnação' do orbe terrestre.

Em Antropogênese, o leitor vai se espantar com a descrição das formas humanas primevas. Em meio às nuvens de metano e amônia emergiram os 'homens sem-ossos', sem sexo, sem mente (sem consciência e inteligência), águas-vivas flutuando no mar aéreo de gases superdensos. Eram os primeiros, os 'Filhos do Suor', exudados, nascidos da secreção astral dos Deuses Lunares (os Pitris). Depois, vieram os andróginos, que se reproduziam por brotamento ou bipartição, como uma célula em meiose. Eram esses os gigantes de que falam as lendas, os homens dotados com o Terceiro Olho, os ciclopes da mitologia grega. Seus sucessores foram os Atlantes e os Lemurianos, também gigantes da Quarta Raça, heterossexuais, já dotados de corpo denso e inteligência capaz de fabulosas realizações científicas e tecnológicas. Na Antropogênese teosófica, os seres vivos começam sua jornada existencial a partir da matéria mais sutil, energia pura ou espírito, e são as evoluções e involuções do espírito que determinam a configuração material constitutiva do físico.
 
Texto retirado deste: 
Comentários
Sumário
Notas   preliminares   sobre   as   Estâncias   Arcaicas   e   os   Quatro   Continentes   Pré--históricos          15

A Doutrina Secreta enuncia três Proposições novas: (a) a Evolução Simultânea de Sete Grupos Humanos em Sete Regiões Distintas de nosso Globo; (b) o Nascimento do Corpo Astral antes do Nascimento do Corpo Físico; (c) o Homem, nesta Ronda, precedeu a todos os mamíferos do reino animal. — Raças sem Sexo e Bissexuais - - Os Primeiros Arquétipos Masculinos nos Deuses do Mistério dos Fenícios, etc. — Alegorias Exotéricas baseadas em Mistérios Esotéricos — Sete Deuses, cada um dos quais cria um Grupo de Homens — O Significado das Duas 'Criações' — Os Cinco Continentes: 1.° a Terra Sagrada e Imperecível; 2.° o Continente Hiperbóreo; 3.° a Le-múria; 4.° a Atlântida; 5.° a Europa — O Homem já existia há 18.000.000 de anos — Períodos Geológicos — Os Trópicos no Pólo.

PARTE I -
ANTROPOGÊNESE
Doze Estâncias do Livro Secreto de Dzyan                  27
Comentários   37

Estância I — Princípios da Vida Senciente     39
O Significado do termo 'Lha' — Os Princípios da Astrologia e da Astrolatria - Deuses e Homens têm sua origem no mesmo Ponto, a UNIDADE Absoluta — O Logos é a Base do Aspecto-í«;e;Vo do Ser Manifestado — Mulapra-kriti é o Fundamento do Ospecto-Objeto das Coisas — A Força sucede a Mulaprakriti — Adãç-Kadmon — O Dragão e a Serpente -- O Mistério Oculto de Mercúrio e Vénus — Os Sete Dhyânis Planetários e os Planetas
—   Os Governadores  Celestiais  da Humanidade —  O Globo  e  a Cruz  — Shukra, ou Vénus, e a Terra — O Misticismo Oculto trata do Regente do Planeta — O Uno, os Muitos e as Inteligências que animam diversos Centros do Ser — O Dodecaedro do Universo — As três Classes de Luz — Os Números da Criação — Uma Divindade Iwíra-Cósmica é uma necessidade filosófica
—  A Evolução por meio de Palavras — Tudo é gerado na Natureza Ideal — Adão-Kadmon  e  Adão-Adami  —   Todas   as  Estrelas   ou   Planetas  são  habitados — A Primeira Luta no Céu — A Primeira Raça-Raiz foi Etérea — Estamos na Quarta Ronda.

Dois Astrónomos Antediluvianos: Nârada e Asuramaya    63
O Espelho do Futuro — Dados extraídos dos Livros Secretos do  Ocultismo.

Estância II — Sem Ajuda, a Natureza Falha                                                             67
Os Globos alteram suas Condições Geológicas e Atmosféricas — Os Monstros do Caos — Os Corpos Primários Etéreos dos Homens — A Natureza necessita de ajuda para produzir o Homem Espiritual e Inteligente — Os Deuses da Vontade, os que completam o Homem.
A Criação de Seres Divinos nas Versões Exotéricas                                                    73
A Alma Universal está na Raiz da Consciência do Eu — A Criação Primária e a Evolução Secundária da Natureza Manifestada e Visível — Os 'Dias' e 'Noites' de Brahmâ — Os Anjos Rebeldes — Relatos Babilónicos da 'Criação' — O que dizem os Gnósticos.

Estância II (Continuação)   78
As 'Chamas' são uma Hierarquia de Espíritos — A Lua é muito mais antiga que a Terra — A Agua, Símbolo do Elemento Feminino — A Duração dos Períodos Geológicos.

A Cronologia dos Brâmanes    80
'A Ilha Branca' é um Nome simbólico — As Cifras hindus dos Períodos da Evolução Cósmica — Yugas, Kalpas e Ciclos Raciais — Os Gigantes bons e os Pigmeus maus — Períodos Geológicos, segundo a Ciência — A importância da Cronologia Oriental — A Cosmogonia é um Plano Inteligente — Estamos no Fundo de um Ciclo.

Estância III _ Tentativas de Criação do Homem     89
Os Senhores da Lua — A História de Abraão é baseada na de Brahmâ — As diversas Classes de Criadores — Os Pitris Agnishvatta e Barhishad são Ante- ' cessores Solares e Lunares — O Fogo Espiritual _ Vivente — O Ego Humano definido — Renascimentos Cósmicos ou Movimento Eterno, Cósmico e Espiral — O Homem, um Deus com forma Animal — As Doutrinas Ocultas relacionam especialmente Nârada com os Ciclos e KaH?as Secretos — Fogos, Centelhas e Chamas — Formas Astrais antes das Formas Físicas — A Primeira Raça desaparece na Segunda Raça — A Matriz Humana é um reflexo da Matriz Celeste, a 'Cidade Santa'.

Estância IV — Criação das Primeiras Raças        100
A Filosofia Oculta ensina que a Primeira Estirpe Humana foi projetada da Própria Essência de Seres Superiores Divinos — Há uma Evolução Espiritual Psíquica, uma Intelectual e Uma Animal — As Sete Classes de Pitris: três Incorpóreas e quatro Corpóreas — Doze Grandes Deuses ajudam a Brahmâ na obra da Criação — A Derivação' da Palavra 'Manu' — Os Agnishvâttas, o 'Coração' do Corpo Dhyân-Chohânico — Por que a recusa dos 'Deuses' a criar, e sua 'Maldição' — O que Prometeu simbolizava — 'Criadores' e suas 'Sombras' — Os 'Criadores' na Mitologia Escandinava — A Suástica, Símbolo Sagrado e Místico — O Martelo de Thor e o Malhete Maçónico — O Chhâyâ é a Imagem Astral — Os Progenitores do Homem Interno Sutil — O Homem Primitivo foi um Revés — Os 'Divinos Rebeldes' são os nossos Salvadores —»O Significado do Dragão, Princípio Masculino — O que é o Hidrogénio realmente — O Mistério da Criação Kumâra — A Voz Divina, ou Luz Primordial, Shekinah — A Evolução dos Elementos e os Sentidos — A Ordem Esotérica da Involução.

Estância V — A Evolução da Segunda Raça
O Fogo Espiritual é o Eu Superior — O TODO-FORÇA é inerente na Mô-nada — O Ego Superior reina sobre o Ego Animal após as três e meia primeiras Raças-Raízes — As Sete Habitações ou Zonas do nosso Globo — O Homem traz Consigo a Potência de transcender as Faculdades dos Anjos - O Espírito Divino é simbolizado pelo Sol ou pelo Fogo — A Alma Divina pela Água e pela Lua — A Alma Humana, ou Mente, simbolizada pelo Vento ou pelo Ar — A Primeira Raça tinha os três Elementos, mas não o Fogo Vivente — Fogo, Ar e Sol são Três Graus Ocultos do Fogo — Os pertencentes à Primeira Raça foram os Duplos Astrais de seus Pais — A Lei da Evolução obriga os Pais Lunares a passar através de todas as formas de Vida e de Ser neste Globo — A Segunda Raça é assexual e nascida do Suor — Outros modos de reprodução — Os 'Filhos da Yoga' ou a Raça Astral Primitiva -- Sete Estádios de Reprodução em cada Raça --Os Hermafroditas Humanos Primitivos são um Fato na Natureza — Õ 'Blastema Primordial' é a Essência Dhyân-Chohânica ou Duplo dos Pitris — Os 'Filhos do Crepúsculo' — A Primeira Raça foi absorvida na Segunda — O Homem desenvolve um Corpo Físico — A alegoria de Leda, Castor e Pólux.

O Divino Hermafrodita   139
O Enigma da Esfinge — O Andrógino Divino separa-se em Homem e Mulher, Caim e Abel — Jah-Hovah, o Andrógino — A Bíblia e os Purânas, comparados — Jah-Hovah é o Nome genérico de uma Hierarquia de Anjos Planetários Criadores — O Caim Esotérico — As Teoantropografias Ariana e Semítica comparadas — O Nome-Deus Judaico.

Estância VI — A Evolução dos 'Nascidos do Suor'   147
A Terceira Raça torna-se Bissexual — A Quarta Raça prova o Fruto da Árvore do Bem e do Mal — Nossa Quinta Raça aproxima-se rapidamente do Quinto Elemento — A Primeira Raça-Raiz não podia sofrer dano algum, nem ser destruída pela Morte — A Segunda Raça pereceu na Primeira e tremenda Agonia da Evolução e da Consolidação do Globo durante o Período Humano.

Algumas Palavras Sobre os Dilúvios e Sobre os Noés         155
O Peixe ou Avatar-Matsya — O Primeiro Dilúvio Cósmico se refere à Primeira Criação Primordial — O Dilúvio Atlante — O 'Dilúvio' é uma Tradição Universal — Os Símbolos Arquitas — O Noé Judeu e o Nuah Caldeu — O Segundo Dilúvio atingiu a Quarta Raça-Raiz — A 'Ilha Branca' — Os Significados de Ilâ.
 
Podiam Existir Homens há 18.000.000 de Anos?         164
A Diferença entre a Ciência Profana e a Ciência Esotérica depende da Demonstração da Existência de um Corpo Astral dentro do Corpo Físico — A Humanidade Física vem existindo sobre a Terra há 18.000.000 de anos — Adão-Galatéia — A Humanidade Física possuía a princípio uma Enorme Forma Etérea — A Evolução só se aplica ao Homem Externo, Físico — A Analogia é a Lei Diretora na Natureza — Um 'Organismo sem Órgãos' — O Homem foi o Primeiro Mamífero nesta Ronda — A Duração do Desenvolvimento Sexual, Astral e Físico, abrange Períodos de Tempo Imensos — Geração Espontânea — Uma Divindade Manifestada só pode ser uma Parte Fracionária do Todo — As Condições Físicas necessárias às Primitivas Raças.

Estância - VII — Das Raças, Semidivinas até as Primeiras Raças Humanas       178
A chamada Queda dos Anjos é a chave do Mistério do'Mal — O Homem, até a metade da Presente Ronda, e intelectualmente considerado, não é mais que um animal — O Manas só estará plenamente desenvolvido na Ronda seguinte — O 'Fogo Negro' é 'Luz' Absolut?., a Sabedoria — Lúcifer, o Espirito da Iluminação Absoluta e da Liberdade de Pensamento — Criações Várias — O Princípio Divino de duas Faces, que está no Homem em conflito — A Sucessão de Raças, desde os Existentes-por-si-Mesmos: 1.° os Nas-cidos-por-si-mesmos; 2.° os Nascidos-do-Suor; 3.° os Duplos (Andróginos) — Modos de Reprodução Primitivos: 1.° Cissiparidade; 2° Brotamento; 3.° Esporos; 4.° Hermafroditismo intermediário; 5.° União verdadeiramente Sexual — Mônadas e Rondas — A Evolução é um Eterno Ciçjo de Vir-a-Ser — A Queda dos Anjos está mais relacionada com Causas Fisiológicas do que com Causas Metafísicas — Os Deuses são Homens Deificados — Os Kumâras criados por Kriyâshakti — O Nascimento Chhâyâ, um Modo Primordial de Procriação sem Sexos — Desenvolve-se a Mente, após haver provado o Fruto da Arvore do Conhecimento — Kama é Eros — Daksha é o Pai dos Primeiros Progenitores Humanos — O Sentido Esotérico de Padmapâni Avalo-kiteshvara — Padmapâni, o Portador do Lotus, é, esotericamente, o Susten-tador dos Kalpas.

Estância VIII — Evolução dos Animais Mamíferos: a Primeira Queda                     198
O Espírito e a Matéria se equilibram no Homem — Os Homens são os Progenitores dos Animais — Os Rishis e suas progénies — Shiva, a Evolução e o Progresso personificados — Daksha é o tipo da Terceira Raça Primitiva

—  Zoologia Arcaica — O Pecado das Raças sem Mente.
Possíveis Objeções ao que Precede     203
A Mônada cessa de ser Humana tão-somente quando se converte em Absolutamente Divina — Erros Darwinistas — O Homem Primordial, sem Mente e sem Alma, converte-se no Antecessor dos Símios.

Estância IX — A Evolução Final do Homem      209
Como  explica  o   Ocultismo  os   Acontecimentos   que  precederam   a  'Queda'
—  O Homem não tem Sangue Pitecóide em  suas Veias — A Raça 'Sem Ossos' — Os Reis e Instrutores da Terceira Raça — A Unidade Específica da Humanidade tem  Exceções — A Geologia, a  Botânica  e  a  Zoologia  apoiam os Ensinamentos Esotéricos — As Raças e a Lei de Retardamento — A Separação dos Sexos — A Quarta Raça desenvolveu a Linguagem — Idiomas Monossilábicos,   Aglutinantes  e  de   Inflexão   —  A  Transformação   da  Terra.

Edens, Serpentes e Dragões    220
O Jardim do Éden, um Colégio — A Queda do Homem na Geração ocorreu no Primeiro Período dos Tempos Mesozóicos — Camelos Voadores — Nações Antigas descrevem os Monstros que avistaram — Lendas de Dragões — A Serpente de Bronze de Moisés — É Satã uma Realidade? — Duas Escolas de Magia — O Dragão nas Teologias Antigas — A Luz Imutável e a Sombra, ou o Bem e o Mal — A Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal cresce das Raízes da Arvore da Vida — Dragões Voadores.

Os 'Filhos de Deus' e a 'Ilha Sagrada'     237
Algumas Cidades estão construídas em cima de Antigas Cidades Subterrâneas e Labirintos — Dois Continentes Perdidos — Algumas Ilhas são Restos de Países Imensos de Épocas Remotas — Relíquias de Gigantes Primitivos da Ilha da Páscoa — 'Filhos de Deus' e Feiticeiros Poderosos — Arte e Cultura Hindu e Babilónica. í

Estância X — A História da Quarta Raça     245
O Karma dos Filhos de Sabedoria que adiaram sua Encarnação até a Quarta Raça — O Verdadeiro Significado da Doutrina dos 'Anjos Caídos' — Todos os Iniciados conquistaram o Reino das Trevas, ou Inferno — O Turno dos 'Deuses' para encarnarem — O verdadeiro Ponto de Vista Esotérico sobre 'Satã' — O Conhecimento Egípcio da Luz Geradora do Logos — O Mistério do Peso, da Medida e do Número — O Deus Judaico, um 'Anjo da Matéria' — Anais Bíblicos e outros Registros da História Universal do nosso Globo — Os Resultados Cósmicos do Egoísmo e do Egotismo — O Processo da formação do Universo requer Seres Inteligentes — Um 'Sol Central' e três Sóis Secundários em cada Sistema Solar — Os 'Rebeldes' não quiseram criar Homens Irresponsáveis - - Lúcifer, o 'Precursor da Luz' - A Maldição pronunciada contra Satã — O Homem chegará a ser seu próprio Criador e um Deus Imortal — O Sacrifício dos Anjos do Fogo, cuja Natureza era 'Sabedoria' e 'Amor' - O Sentido Metafísico do 'Fogo por Fricção' — O Homem Interno é Essência mesma de Inteligências Elevadas — Descrições dos Kumâras — A Cor das Raças-Raízes — As Condições Materiais do Homem e da Natureza durante o Período da Raça Lêmuro-Atlante.

Ensinamentos Arcaicos dos Purânas e do Génesis — Evolução Física    269
Os Purânas e a História Natural — A Ciência se Ocupa do 'Cascão' do Homem — A Evolução Cósmica se repete durante a Gestação -- Quando os Sáurios alcançaram seu mais Elevado Desenvolvimento - - O Homem, tal como os outros Animais, tem sua origem na Célula: a Célula, desenvolvendo-se, chega ao Tipo Humano — A Lei Inerente de Desenvolvimento Progressivo — O Símio Pitecóide é uma Criação Acidental — A Alegoria de Lilith.

UM Visão Panorâmica das Primeiras Raças        281
O Simbolismo de Urano e Cronos — A Primeira Mulher — As Raças na Mitologia Grega — A Religião da Terceira e da Quarta Raças — A Idade de Ouro — A Origem Secreta de todas as Religiões Subsequentes — Os Anjos Caídos são a própria Humanidade — O Homem Divino morava no Animal — A Primeira Guerra que se conheceu na Terra.

São os Gigantes uma Ficção?            294
As Ciências  Geológica,   Sideral  e  Bíblica  podem   proporcionar   as  provas  necessárias — A Evidência de Escritores Pagãos Antigos — Na Quarta Raça os Homens retornaram ao Culto do Corpo Humano, o Falicismo — Os Gigantes da  Quarta  Raça  —  Os  Mistérios  do  Céu  e  da  Terra  revelados   à  Terceira Raça — Os Quatro Kumâras Sagrados — Os Filhos de Deus se casam com «s Filhas dos Homens — Os Rishis,  Prajâpatis, Manus,  suas Esposas e Progénie são a Semente da Humanidade — Cruzamento Humano e Animal — Animais Falantes — O Homem Mudo que anda de quatro pés. . 

As Raças com 'Terceiro Olho'        306
O Homem Divino é o Novo Tipo no Princípio de Cada Ronda — A Arca significa simplesmente o Homem — A Duração de um Dia Polar — Os Ciclopes Gigantes e os Mortais de 'Três Olhos' — A Involução Espiritual e Psíquica opera em Linhas Paralelas com a Evolução Física — Criaturas Humanas Primitivas com Quatro Braços, uma Cabeça e Três Olhos — O Terceiro Olho recolheu-se ao Interior — Fisiologia Oculta — O Significado da Glândula Pineal — A Glândula Pineal está inutilizada para uso físico neste período — A Evolução do Olho — O completo desenvolvimento de Manas na Quinta Ronda — O 'Terceiro Olho' é agora uma Glândula — O Terceiro Olho e sua conexão com o Karma — O Número de Mônadas é limitado — Karma é uma Lei Absoluta e Eterna no Mundo das Manifestações.

Os Manus Primitivos da Humanidade      324
Os Sete e os Quatorze Manus — Os Nomes dos Quatorze Manus — O Manu Primordial dá o Ser aos demais Manus — Svâyambhuva, a Mônada Cósmica que se converte no Centro de Força de cujo interior emerge uma Cadeia Planetária — A alegoria do grande dilúvio do Manu Vaivasvata — O sentido esotérico da palavra 'Peixe' - O Princípio do Quarto Continente — O Significado das 'Vestiduras' no Zobar.

Estância XI — A Civilização e a Destruição das Raças Quarta e Quinta                   334
As Dinastias Divinas precederam os Reis Humanos — Primeiras cidades rochosas dos Lemurianos e construções ciclópicas — As Dinastias Divinas deram início às Primeiras Civilizações e cultivaram as Artes e as Ciências — A degeneração da humanidade — O significado dos Sete Dvipas, as Cadeias Planetárias e os chamados Continentes — A nossa Humanidade principiou na Terra com Vaivasvata Manu — Krishna, Nârada e Gâruda são, esotericamente, Símbolos de Ciclos e Chaves de Alegorias — Os Precursores da Quarta Raça foram os Lemurianos — A Conformação do Continente da Terceira Raça — Continentes Antigos voltarão a aparecer — Os Limites da índia em Idades Pré-históricas — A Ilha de Páscoa pertence à Primeira Civilização da Terceira Raça — Mudanças de Clima — Cada um de quatro distúrbios do Eixo mudou por completo a face do Globo — Ciclos dentro de Ciclos — Depois da destruição da Lemúria o Homem decresceu em Estatura Física — A Inundação Atlante de há 850.000 anos — Restos de um Continente Atlântico — Os Anais Secretos conservam a História completa do crescimento e evolução das Raças — Só a Logografia Religiosa Oculta conhece o significado dos nomes antigos — Ainda estão de pé Testemunhos dos Continentes Submersos — As Estátuas Colossais de Bamian; as Cinco Estátuas são Anais Esotéricos da Evolução Gradual das Raças.

Ruínas Ciclópicas e Pedras Colossais como Testemunho dos Gigantes    359
Pedras animadas — Restos druídicos — Pedras oscilantes na Europa — Pedras vivas  que falam e se movem — Nossos  'Progenitores' foram  Deuses antes de se converterem em Homens — Cada Continente é destruído ou morre   — Os Gigantes pereceram, e poucos foram salvos.

Estância XII — A Quinta Raça e seus Instrutores Divinos         369
O Grande Dragão e as Serpentes da Sabedoria — As Pirâmides — Rememoração da Grande Inundação Atlante — Os Pólos foram invertidos.

Serpentes e Dragões sob Diferentes Simbolismos    372
O Nome do Dragão na Caldéia e o Décimo Signo do Zodíaco — A Serpente simboliza o Iniciador — Os Deuses a quem os Homens chamam Dragões — O Dragão de São João é Netuno, o Símbolo da Magia Atlante.

Os Signos Siderais e Cósmicos    374
A Luz Astral, a Via-Láctea, etc., chamadas 'Serpentes' pelos Adeptos — Grande antiguidade das escrituras zoroastrianas — Como os egípcios simbolizam o Cosmos — Os dois pólos místicos — Cada grande reformador do mundo é uma emanação direta do Logos — Deus e a Natureza Antropomorfizados — Os dois Cabiros personificam os Pólos Opostos — A Verdadeira Etimologia do Nome Lares — Quem eram Enoch e os outros? — Os Cabiros eram os Grandes Deuses Cósmicos, os Sete e os Quarenta e Nove Fogos Sagrados — Os Pólos são a medida celeste — A invenção das Letras, das Leis, da Legislatura, da Arquitetura, dos Modos da Magia e do Uso Medicinal das Plantas — A produção do Gwiò ou Trigo — A Serpente, Símbolo do Adepto.

Nossos Instrutores Divinos     383
Nossas Raças provêm de Raças Divinas — As cinco aparências de Hermes — As Tábuas Sincrônicas do Egito — O Zodíaco de Dendera-Bhârata, a Terra Eleita dos Tempos Antigos — Platão fala das Dinastias Divinas — Ideia de Platão sobre o Mal — Frutos e grãos foram trazidos à Terra pelos Senhores da Sabedoria — Os 'Filhos de Deus' existiram e existem — Os B'ne Aleim se mesclaram com os Homens Normais — O Mistério — Satã é, na realidade, o Espírito Divino Superior, a Sabedoria Divina Oculta na Terra — Satã, interpretado exotericamente, é o Demónio.

A Origem do Mito de Satã     397
Devemos buscar no Egito a sua origem Ocidental — A origem terrestre da Alegoria da Guerra no Céu deve ser buscada nos templos de iniciação — Os Hierofantes do Egito chamavam a si mesmos 'Filhos do Deus-Serpente' Os Druidas eram chamados Serpentes — Outros Mitos de Dragões e Serpentes — Agni, o Deus do Fogo, e Alegorias de Demónios -- Apoio é o Deus-Sol — A Luta entre os Adeptos Arios da Quinta Raça Nascente e os Feiticeiros da Atlântida — Os Demónios da Profundidade — Poderes Manifestados, os 'Filhos e seus Rebanhos' Deuses-Sóis ou Poderes Criadores —  Sabedoria, a Divina Sofia — Jehuvah, o 'Adversário' de todos os demais Deuses — Jehovah, transformado em Humanidade — A Necessidade do Mal —  Seitas Gnósticas  fundadas por  Iniciados.

Noé era um Cabiro, por isso deve ter sido um Demónio        408
Tubal-Caim foi um Cabiro — A Identidade de Noé e Melchizedek — Adão, Caim e Marte como Personificações — O Dilúvio de Noé nunca existiu.

As Tradições Persas mais Antigas Sobre os Pólos e os Continentes Submersos          411
As Lendas do Ira — A data em que pereceram os últimos atlantes — A cronologia esotérica de Platão e outros iniciados — As tradições persas de duas Raças — A Fénix persa — Que são as Montanhas de Kaf? — Os Continentes Articos — O Ocultismo informa que a Ásia Setentrional é tão antiga quanto a Segunda Raça — Quando desapareceu o Continente Artico do Norte.

Especulações Ocidentais Baseadas em Tradições Gregas e Purânicas      420
Os Hindus dividiam geograficamente o Globo em Sete Zonas e alegorica-mente em Sete Infernos e Sete Céus — As Mansões dos Deuses e dos Demónios — Quatro Continentes já viveram o seu tempo — Os Continentes Futuros Simbolizados — A Latitude e a Longitude da Ilha Perdida -- A Atlântida de Platão — O Monte Hermon e seus Dragões Alados.

A Maldição, Considerada de um Ponto de Vista Filosófico       427
Os poderes criadores foram um Dom da Divina Sabedoria — O Adão e a Eva do Génesis se referem à Terceira e à Quarta Raças — A verdadeira maldição — Os Agnishvàttas e outros Salvadores Divinos — O Pecado Original e o abuso da inteligência física — O Mistério de Prometeu — Cristo relacionado com Epafos — Uma Raça de Buddhas e Cristos — Quando se simboliza uma Raça, não se deve esperar exatidão topográfica — A origem da primitiva Raça dos Etíopes — Foi Esquilo um Iniciado? — Quem foi Dioniso e quem será? — O Dom de Prometeu — O Homem voltará a ser o Titã livre.

Fragmentos Adicionais de um Comentário Sobre os Versículos da Estância XII         440
Os 'Buddhas de Compaixão' — As recordações coletivas jamais abandonam a Alma Divina — Os mais antigos anais sobre a Atlântida — De onde os «rios adquiriram o seu Maravilhoso Conhecimento — A sentença da Atlântida — A Grandeza da Civilização Atlante — A Astronomia e o Simbolismo, herança dos Atlantes — Em que época foi construída a Grande Pirâmide — Os tiês Zodíacos — As Divisões das Raças-Raízes — A árvore genealógica de Raça — O Ciclo de Kali Yuga —- Os Zodíacos egípcios e gregos.

Conclusão         455
A História 'Escrita nas Estrelas' — O Senzar, primitiva chave hieroglífica — Quando a escrita era uma arte desconhecida — A Natureza procede por Ciclos — A Nova Raça Futura — A Quinta Raça se superporá à Sexta — A Futura Humanidade do Novo Mundo — O Curso da Natureza sob a Influência da Lei Kármica.

Glossário de Termos Empregados nas Doze Estâncias do Livro de Dzyan                  465

Notas adicionais       470

Bibliografia       475
Informações Adicionais
Livro NOVO.

Formato 23 x 16 cm

Editora Pensamento, 12ª Edição, 2007

478 páginas