A Mitologia das Sociedades Secretas

A Mitologia das Sociedades Secretas

Disponível: Sem estoque

Autor: J. M. Roberts
Originalmente publicado em 1972, o livro explora o medo das conexões maçônicas e as tramas que perturbaram os conservadores nos séculos XVIII e XIX.
saiba mais
Descrição

Detalhes

Em A Mitologia das Sociedades Secretas, o livro mais original do renomado historiador J. M. Roberts, publicado pela primeira vez em 1972, ele explora o medo das conexões maçônicas e as tramas que perturbaram os conservadores nos séculos XVIII e XIX. 

Vivemos uma época em que as teorias da conspiração são abundantes e a sensação de existirem planos secretos para o domínio do mundo sob o disfarce de cultos religiosos ou sociedades secretas talvez seja algo considerado mais sério do que nunca. 

Teorias da conspiração envolvendo sociedades secretas prevaleceram na Europa do século XVIII e início do XIX, e J. M. Roberts descreve-as como o pesadelo coletivo de uma cultura em particular que provoca medos profundos e poderosos nas pessoas. Sua erudição inteligente lança uma luz penetrante em uma região pantanosa de alianças que proliferam e mudam entre organizações evanescentes e sombrias, na medida em que ele expõe as carreiras de muitos conspiradores que se tornaram reis demoníacos de uma Europa revolucionária. 

O guia mais lúcido disponível pela selva desse submundo ideológico e político: Maçons, o Rito Escocês da Estrita Observância, Martinistas, Illuminati, Rosa-cruzes, Carbonários, Decisi, Sublimes Mestres Perfeitos e outros.” (The Guardian) 

Um ensaio importante e erudito sobre a teoria da conspiração da história.” (The Sunday Telegraph)

*-*-*-**

J. M. Roberts nasceu em Barth, em 1928, e morreu em 2003, depois de uma doença prolongada. Na ocasião, o The Guardian descreveu-o como “a mente histórica líder de sua geração”. Além de sua carreira como historiador importante e escritor talentoso e prolífico, ele foi um dirigente universitário formidável e modernizador, servindo como vice-reitor da Universidade de Southampton, entre 1979 e 1985, e diretor da Merton College, Oxford, entre 1984 e 1994. De 1953 a 1979, foi membro e tutor em História Moderna na Merton College, Oxford (mais tarde se tornou Membro Honorário – 1980-1984 e 1994-2003), apresentando gerações de jovens historiadores não só à história da Europa, mas também à da América, da Índia, da China e do Japão. O autor foi educado na Taunton School e ganhou uma bolsa de estudos na Keble College, Oxford, onde foi o primeiro da classe em História Moderna, em 1948. Após o Serviço Nacional, foi eleito membro pelo Mérito da Magdalen College, Oxford, em 1951. Entre 1953 e 1954, foi eleito membro do Fundo da Comunidade Britânica para Princeton e Yale, nos Estados Unidos, e começou a se voltar para além da era revolucionária do século XVIII e ambicionar voos mais altos. Em 1996, foi nomeado Comandante da Ordem do Império Britânico por seus serviços em Educação e História. Em 1967, escreveu Europe – 1880-1945, um livro influente que o levou a escrever History of the World (1976), o primeiro de um historiador importante desde H. G. Wells. Daí surgiu The Triumph of the West (1985), um livro e uma série televisiva que mostravam como as ideias e instituições ocidentais moldaram o mundo. Em seguida, publicou A History of Europe (1996) e The Twentieth Century (1999).
Comentários
Sumário
Prefácio  9
Referências  11

1  A Mitologia das Sociedades Secretas
O espectro de Disraeli  13
Historiadores e as sociedades secretas  21

2  O Legado Maçónico
Os primeiros maçons 31
A disseminação da Maçonaria no exterior  42
A Maçonaria na França do século XVIII 44
A Maçonaria em outros países europeus 54
A natureza da Maçonaria do século XVIII  58

3  Antimaçonaria Primitiva
Os elementos originais da Antimaçonaria  73
Reações oficiais iniciais 78
A Igreja e a Maçonaria do século XVIII 82
Antimaçonaria não oficial em meados do século 95

4  Derivação e Degeneração: as Seitas do Final do Século XVIII
A era de ouro da mistificação  107
A desintegração da Maçonaria  110
Fontes ocultas das sociedades secretas  116
A Estrita Observância  121

5  O Pânico Illuminati e a Consequência O feito de Weishaupt 135
Aprofundando a confusão  149
A Mitologia das Sociedades Secretas

6  As Sociedades Secretas e a Revolução Francesa 
O desafio da elucidação 165
Maçons e a Revolução  172
Algumas versões do mito da conspiração  184
Barruel e seu livro  200

7  O Tempo de Semear das Sociedades Secretas Políticas
O clima reacionário 225
Buonarroti  241
Sociedades secretas e conspiração na Itália entre 1796 e 1799 256

8  A Era Napoleônica
Introdução  273
Oposição e conspiração na França  275
Itália napoleônica  297
Um ponto de vista de São Petersburgo  313

9  A Restauração e a Consequência
A atmosfera da Restauração 327
Revoluções e revelações 341
A criação do mito: os últimos anos de Buonarroti  363

10  Conclusão 377
índice Remissivo 393
Informações Adicionais
Livro NOVO.

Formato 23 x 16 cm

Editora Madras, 1ª Edição, 2012

408 páginas