Feliz Dia das Bruxas

Feliz Dia das Bruxas

Disponível: Sem estoque

Autor: Sérgio Pacchione

Livro Usado

A história tem no misticismo, no terror, na religião e na heresia uma espécie de pano de fundo para a trama policialesca, que algumas vezes resvala o cômico.
saiba mais
Descrição

Detalhes

O autor visou o público adolescente, mas errou no chumbo. Um tiro estilhaçado, foi o que aconteceu: mirou o pombo, acenou também os pardais, as andorinhas, os galhos, as folhas, e até os fios da rede elétrica. Que aves de plumagem diversa — só para variar sobre a metáfora de uma das personagens — às vezes se misturam nas mesmas ramagens. E é dessa mescla que resulta a beleza do cenário. Texto para qualquer idade.

A história tem no misticismo, no terror, na religião e na heresia uma espécie de pano de fundo para a trama policialesca, que algumas vezes resvala o cômico.

Mas vai um alerta: não se espere superficialidade; há uma pista falsa em cada situação, ambiguidade nas imagens e nas hipóteses, reflexões perturbadoras; não se deixe convencer antes da hora.

Desfilam pela história tipos contrastantes. De uma religiosa conservadora a um jovem e audacioso estudante. Há gente mística, crente e cética. São adolescentes imaturos e adultos maliciosos; ou será o oposto?

Os cenários, os personagens e o linguajar são urbanos; os diálogos, coloquiais, incorporam os erros e as gírias do cotidiano, os fatos da língua, embora, quando a situação pede, não se esquiva o autor de aplicar o português castiço, com tratamentos que chegam à segunda pessoa do plural, nas orações da Irmã Teca.

O tempo é este final de século e milênio e jeito de vivei; nas palavras do texto. Daí o misticismo na temática de fundo. Que talvez por temer os finais, as pessoas buscam no místico alguma forma de consolo. E é a esses que o autor quer abordar e entreter.

É história para ser lida de um fôlego só, num fim de semana ocioso ou num domingo de chuva. Literatura para o prazer, a curiosidade e a reflexão.
Comentários
Informações Adicionais
Livro USADO. Texto, gravuras e fotografias íntegros. 

Formato 21 x 14 cm

Editora Toda Prosa, 1ª Edição, 1992

148 páginas